A Contabilidade Internacional IAS 37

Resultam, regra geral, de: O tratamento contabilístico destas diferenças apenas influencia o imposto corrente. Ativos por impostos diferidos: Passivos por impostos diferidos: Quantia atribuída a um ativo ou passivo para fins fiscais.

eLearning - IFRS - Obrigações 2018

Internacional Victor Duarte, obtida em www. Agenda IAS 10 de janeiro de Agenda Fiscal 15 de janeiro de Agenda Fiscal 10 de janeiro de Agenda Fiscal 15 de janeiro de Agenda Fiscal 22 de janeiro de IRS Comprovativo dos Rendimentos, Retenções e Deduções Entrega aos sujeitos passivos de comprovativo das importâncias pagas, do imposto retido na fonte e deduções relativas a Agenda Fiscal 31 de janeiro de Business Combinations under Common Control—Scope of the project.

Documents Open for comment There are no current public documents open for comment. Subscriptions Find out more, Contabilidade. Share facebook linkedin twitter.

Session expired, please refresh your browser. Também podem existir filiais, agências, sucursais ou dependências. Por exemplo, a taxa média de uma semana ou um mês pode ser usada para todas as transações, em cada moeda estrangeira, ocorridas durante aquele período.

Na data de cada balanço: Se houver Norma que dê tratamento específico a um determinado ativo ou passivo, esse tratamento é o que deve ser utilizado.

Da mesma forma, conforme o NBC T Esta e outras Normas podem determinar que alguns ganhos ou perdas sejam reconhecidos diretamente no patrimônio líquido. Por exemplo, a NBC T

2 Comentário

  1. Luiz Henrique:

    Se este for o caso, o ativo é descrito como estando com imparidade e a Norma exige que a entidade reconheça uma perda por imparidade.

  2. João Gabriel:

    Os ativos e passivos por impostos diferidos devem ser mensurados pelas taxas fiscais 15 que se espera que sejam de aplicar no período em que seja realizado o ativo ou seja liquidado o passivo, com base nas taxas e leis fiscais que estejam aprovadas à data do balanço.